UM EVENTO CORAJOSO, EMPRESÁRIO REGIONAL 1987

Atualizado: 3 de mar.

Em 1987, como presidente da Associação Comercial, procurei Rolf e Rosália levando a proposta de realizar um evento de cunho regional, com a finalidade de valorização dos empresários (as) que assinavam o progresso da região e de Integração Regional.

Em nossa primeira reunião decidimos: Abrangência e comissão organizadora Seria um evento abarcando as regiões mineiras da Mata, Vertentes da Mantiqueira e Sul de Minas, que consideramos ser a área de influência de Juiz de Fora.

Montamos a comissão responsável pelo evento: Eu, pela Associação Comercial, Rolf, Rosália e Marcos Del Duca pelo SENAC, e convidamos o Vereador Laudelino Brás Schetino que representaria AMPAR (Associação dos Municípios da Microrregião do Vale Paraibuna) e a Tribuna de Minas.

Nas próximas reuniões demos cara e personalidade ao evento: As cidades participantes

Das três regiões escolhemos as 27 principais cidades a serem convidadas a participar: 1-Juiz de Fora, 2- Bicas, 3- S.J. Nepomuceno, 4- Ubá, 5- S.J. Del Rei, 6- Caxambu, 7- São Lourenço,8- Lavras, 9- Varginha,10- Santos Dumont, 11- Barbacena,12-Além Paraíba, 13- Lima Duarte,14 - Guarani,15 – Mar de Espanha, 16- Leopoldina, 17- Cataguases, 18- Muriaé,19- Ponte Nova, 20- Manhuaçu,21- Manhumirim, 22- Matipó (se convidou posteriormente) Rio Pomba, -24, Visconde do Rio Branco,25- Viçosa, 26- Tiradentes e

27- Itajubá.

O Formato

Em cada cidade a comissão convidaria a Prefeitura e entidades empresariais (Associação Comercial, Sindicato do Comércio, Sindicato Rural, ou representantes da sociedade local, conforme fosse o caso) para formarem uma comissão.

As comissões dessas cidades indicariam quatro empresários que seriam homenageados, cada um representando um setor empresarial: Indústria, Comercio, Agropecuária e prestação de serviços. Seriam os DESTAQUES EMPRESARIAIS – 1987, portanto 108 homenageados. Esses 108 homenageados receberiam os currículos de todos os outros

homenageados e escolheriam “O EMPRESÁRIO REGIONAL- 1987.

As entidades que seriam convidadas a assinar o evento: Em Juiz de Fora: Além da Associação Comercial, SENAC, AMPAR (Associação dos Municípios da Microrregião do Vale Paraibuna) e a Tribuna de Minas. Convidamos O Sindicato do Comércio Varejista,

Sindicato Rural, Sindicato de Bares Restaurantes, hotéis e similares e o CDL.

Local da realização do evento Theatro Central – numa sexta-feira à noite

Preparativos:

Visitamos 26 das 27 cidades, participantes só Matipó não foi visitada, pois, se convidou para o evento posteriormente. As viagens foram realizadas em dois carros: no meu, eu (Luiz Antonio), Laudelino Schetino e “chulé” (fotógrafo da Tribuna de Minas que fez o registro

fotográfico de todas as reuniões) e no carro do SENAC, Rolf, Rosária e Marcos.

Foram duas etapas e levaram dois dias cada. Marcos agendava as visitas com antecedência e em cada cidade o grupo formado pelos representantes locais estava nos aguardando: prefeitos, secretários, vereadores, presidentes de associações comerciais, de sindicatos patronais e outras autoridades, casos diferentes em cada cidade funcionou assim: Reunião marcada às 8,00 em Ubá, às 10,30 horas em Visconde do Rio Branco, às 13,00 horas em Ponte Nova e assim por diante até na noite do dia seguinte em que fizemos a última reunião dessa viagem em Bicas, já de volta à Juiz de Fora.

Na semana seguinte nova etapa: começamos por Lima Duarte fomos visitando cidades pelo sul de Minas e voltamos por Barbacena e Santos Dumont.

Deixo registrado que a Associação Comercial não tinha recursos financeiros e todas as despesas pessoais e o abastecimento do meu carro foram bancadas por mim, como empresário e presidente da entidade.

Foi uma loucura, agenda apertada, superação de eventuais obstáculos e muita estafa no final de cada dia, mas, extremamente gratificante, em cada cidade por onde passamos fomos recebidos com entusiasmo, muita alegria e plena aceitação de nossa proposta. Só em Varginha que fomos recebidos com uma certa frieza, mas, a participação no evento foi efetiva.

Nossa equipe vibrava a cada etapa que era vencida e o clima entre os participantes era muito bom e ainda sobrava tempo e pique para esfuziantes confraternizações e respeitosas brincadeiras.

Enfim realizamos o evento com o maior sucesso com mais de 1.500 pessoas no Theatro Central, o empresário regional homenageado foi o presidente do grupo Cataguases Leopoldina, Ivan Müller Botelho e a cidade assistiu ao maior evento empresarial de todos os tempos com a presença do então governador Hélio Garcia, do senador Itamar Franco Deputados Federais e Estaduais e Prefeitos de todas as regiões e cidades representadas. Um jantar para cerca de 200 pessoas foi servido para o governador e outras principais autoridades na AABB com o patrocínio da Tribuna de Minas.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo